AMOR...A BASE DE TUDO NA VIDA!

AMIGOS QUE NÃO DÃO PENA, DÃO ORGULHO!

Venha e junte-se a um grupo de amigos que já participam do blog e se preocupam com o nosso país, com as nossas crianças, com a natureza, com os idosos e também com os animais. Faça essa "corrente pra'frente" e se gostar das postagens, COMENTE.Aqui você FAZ A DIFERENÇA! Sejam muito bem vindos!

AMIGOS INCENTIVADORES DO BLOG "BRASIL DÁ PENA" :

sábado, 19 de novembro de 2011

VOCÊ JÁ BEIJOU SEU PAI,SUA MÃE HOJE???

video
video

Esse ano quando visitei minha família, no Pará, antes de me despedir de minha velha mãe, com os seus já bem vividos 95 de idade, ela chorando, agarrada ao meu pescoço, exclamou - "Meu filho querido, pede para eles terem PACIÊNCIA comigo. Eu já não tenho mais a mesma vitalidade de antes."  Confesso para vocês que isso que ela me disse nunca mais saiu da minha cabeça. Nunca mais!
Hoje me deparo na internet, com centenas, milhares de vídeos falando sobre o idoso, sobre o Mal de Alzheimer e também sobre maus-tratos. Tem um vídeo, da "Tirinha que emocionou o mundo" que inclusive postei anteriormente aqui no Blog e que retrata de forma emocionante a vida evolutiva do idoso.

Essa Campanha do Governo de Minas, na voz de Zezé Di Camargo, retrata a música PEDAÇO DE COURO e nos remete a uma pergunta : VOCÊ JÁ BEIJOU SEU PAI, SUA MÃE HOJE?  Quando a gente é pai, é mãe, e vai envelhecendo, os anos vão passando pela gente e a gente pensa que esses mesmos anos não passam pelos filhos, ou seja, a gente ainda tem uma vaga ideia de que elas ainda são as nossas "crianças" apesar de algumas delas já terem filhos e nos fazerem assim, avós...

Aí chega um tempo em que a gente tem certeza que esses anos nos tornaram desprovidos de saúde, de memória e que nossos filhos, aquelas "nossas crianças" de até então, já não tem mais paciência com a gente. Aí vem aquela irremediável sensação de solidão, de dor, de tristeza infinita e que só quem é idoso e tem filhos sabe e aquilata. Quando a gente envelhece e tem filhos, a gente nesse final de vida quer o abraço, o afago, o BEIJO, o carinho e a atenção... Porque é como se voltássemos a ser crianças de novo, e aí nossos filhos passam a ser "nossos pais". - Mãe o que você está fazendo? Mãe, olhe a senhora derrubou a sopa! Mãe, vá logo dormir!... Quantas e quantas vezes já não dissemos frases assim aos nossos país. Inúmeras né?

Aos amigos que graças ao Bom Deus ainda tiverem em vida,  seu pai, sua mãe ou um outro membro familiar de idade avançada, dê-lhe atenção redobrada, tenha antes de tudo, PACIÊNCIA COM ELES. A vida da gente é efêmera e mais efêmero é o momento de um beijo...Portanto, a você que tem pai, tem mãe...

BEIJE-OS BASTANTE e agradeça diariamente a Deus por eles ainda lhe darem trabalho e fazerem parte de sua vida. Quantos não gostariam de ainda terem a presença deles ???

Um BEIJO a todos a um final de semana de muita PAZ!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O QUE É SER "CHIQUE" HOJE EM DIA!

SER CHIQUE SEMPRE - GLÓRIA KALIL

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos
dias de hoje.

A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo
carro Italiano.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.

Chique mesmo é ser discreto.
Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.

Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuaçõe inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.

É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.

Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.
É lembrar-se do aniversário dos amigos.

Chique mesmo é não se exceder jamais!
Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.

Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.

É "desligar o radar", "o telefone", quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.

Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.

Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!

Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do físico... quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão,
intolerância, ateísmo...falsidade.

Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo,
vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material deste mundo.


Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não
aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.

Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!

Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!

Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... mas, Amor e Fé nos tornam humanos!

GLÓRIA KALLIL

Nota do Editor: Assino embaixo, literalmente. Glória Kallil resume de uma forma lírica e veemente, o que vem a ser uma pessoa "chique". Parabéns pelo artigo!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A MISÉRIA TAMBÉM TEM "MARCA"


Recebi esse email, com várias fotos e um texto anexo. Alguns dizem até que esse email foi considerado como  um dos melhores do ano por catedráticos do assunto. Traduzindo a foto acima, à esquerda, lê-se..."ALGUÉM TE DEU UM ADIDAS AO INVÉS DE UM NIKE?" e logo em seguida,à direta, está escrito.."ELES SÓ TEM ESSA MARCA!"
Alguns países da África vivem num estado crítico de miséria que essa foto - de um africano que improvisou de garrafas pet um velho chinelo - é apenas a ponta do iceberg para um problema social que há muitos anos temos conhecimento e que o mundo, leia-se aqui "PAÍSES RICOS" ignoram e não tomam providências.

A miséria tem MARCA sim, a marca da DESIGUALDADE  e principalmente a FOME. Quantas e quantas vezes a gente não  reclama das coisas que temos ? E por inúmeras vezes desperdiçamos tantas coisas nessa vida, quer sejam alimentos ou coisas materiais... A gente só esquece que nesse "mundão"  afora existem seres humanos que dariam tudo para ter por exemplo uma "havaianas" já desbotada ou mesmo "fora de moda" nos pés.
"Olhai com humildade os lírios no campo...muitos nem sabem a direção do bom vento" Rubi Valente.