AMOR...A BASE DE TUDO NA VIDA!

AMIGOS QUE NÃO DÃO PENA, DÃO ORGULHO!

Venha e junte-se a um grupo de amigos que já participam do blog e se preocupam com o nosso país, com as nossas crianças, com a natureza, com os idosos e também com os animais. Faça essa "corrente pra'frente" e se gostar das postagens, COMENTE.Aqui você FAZ A DIFERENÇA! Sejam muito bem vindos!

AMIGOS INCENTIVADORES DO BLOG "BRASIL DÁ PENA" :

sexta-feira, 22 de julho de 2011

CRACOLÂNDIA EM SÃO PAULO...ATÉ QUANDO ESSA DEGRADAÇÃO ?


Quando eu vivia em Sampa nos anos 80 e também 90, geralmente devido ao meu trabalho, eu percorria o centro velho, área da Luz e arredores e que hoje denominaram de CRACOLÂNDIA. E o que eu via naquela época? Meretrizes, pedintes, pessoas perdidas vindo do interior ou de outros Estados, mendigos entregues à própria sorte e também(como não poderia deixar de faltar) os famigerados trombadinhas. Na época, não existia a chamada Cracolândia de hoje, onde nada mais é do um grupo de desocupados, homens e mulheres, com seus históricos do vício e da desagregação familiar, que ocupam uma área central da metrópole. Fazendo o que propriamente? Fumam crack e maconha porque o custo é mais barato. Perturbam outras pessoas transeuntes de momento na área central ou mesmo os comerciantes do local, e o pior, estigmatizam a cidade de São Paulo num cenário deprimente, de uma degradação humana que parece não ter fim.

O nosso ex-presidente Fernando Henrique vem tomando as rédeas do movimento( que fique bem claro aqui),ele não levanta a bandeira da liberação das drogas no Brasil, ele na verdade defende a descriminalização das drogas, onde ele entende que deve haver uma grande diferença entre o usuário e o traficante por exemplo. Em outras palavras, clínica para um e cadeia para outro. Mas fico me perguntando, porque será que a prefeitura e o governo de São Paulo, em conjunto com outras entidades sociais que tratam do assunto, ficam tão omissas em relação à continuidade dessa Cracolândia no centro.

Quantas e quantas  vezes esses programas jornalísticos da tv terão que mostrar, essa realidade nua e crua das drogas e de seus usuários, para que as autoridades se sensibilizem e como se fosse uma "operação de guerra", mudem esse cenário horrendo do vício. A bem da verdade, a Copa do Mundo e as Olimpíadas estão aí, não seria mais estratégico e salutar começarem a se mexer desde já?

Já sei, vou perguntar ao Prefeito..Hummm....deixem pra lá, o Prefeito NUNCASSAB.


Postar um comentário